Notícias e Informativos

Executivos da Via Brasil visitam Alto Taquari e destacam início de intervenção na MT-100 para 2ª quinzena de setembro

  • Fonte: Ascom | Reportagem e Fotos: Eduardo Candido
  • Publicado em: 23/08/2018
  • Assunto: Obras e Infraestrutura

Esta quarta-feira (22/08) foi de grande felicidade para o prefeito Fabio Garbugio e o vice Marco Aurélio. Nossos gestores receberam em Alto Taquari (MT) os representantes da Via Brasil, empresa vencedora da concessão para administrar a rodovia MT-100 por 30 anos (veja as fotos).

O Governo de Mato Grosso assinou na última segunda-feira (20/08) o contrato de concessão rodoviária estadual com a Via Brasil. A partir de agora, a empresa terá o domínio do trecho de 111,9 km, da divisa com Mato Grosso do Sul, passando por Alto Taquari, até chegar à Alto Araguaia. O valor total do contrato é de R$ 1,8 bilhão.

Durante o encontro em Alto Taquari, o diretor-presidente da Via Brasil, Cesar Meneses, destacou que a recuperação total e completa da rodovia será finalizada em cerca de 12 meses, iniciando pelo desenvolvimento do projeto (com duração aproximada de 4 meses). Em paralelo à confecção do projeto, Meneses ressaltou que uma recuperação paliativa será ministrada no trecho para garantir “condições mínimas de trafegabilidade”. O executivo salientou que este trabalho emergencial terá início a partir da segunda quinzena do mês de setembro, finalizando em cerca de 30 ou 45 dias.

De acordo com o diretor de engenharia e operações, Bruno Caramez, a cobrança de pedágio iniciará após a obra ser completamente finalizada e atingir aos parâmetros previstos no contrato. Serão duas praças de pedágio: uma em Alto Taquari e outra em Alto Araguaia.

O prefeito Fabio Garbugio afirmou que esta é uma grande conquista para Alto Taquari e para todo o estado de Mato Grosso. “Esta obra é um sonho para todos nós, sendo fruto de grandes cobranças da nossa parte e também dos vereadores ao Governo do Estado. Após sua finalização, trará desenvolvimento para Alto Taquari e todo o estado, já que fazemos parte de uma importante rota logística. Enaltecemos também a presença dos diretores da Via Brasil, que prontamente vieram ao nosso município já fazer uma avaliação inicial da rodovia e nos adiantar um pouco do que está previsto para ser executado”, disse Garbugio.

Vagas de emprego
Segundo a Via Brasil, a previsão é que sejam criados aproximadamente 320 empregos diretos na etapa de reconstrução da rodovia, limpeza de faixa de domínio, sinalização e segurança. Já durante a fase de operação, serão cerca de 115 vagas permanentes. A concessionária prevê que, ao longo dos anos, haverá envolvimento de aproximadamente 700 pessoas.

“Conversamos com a empresa, no sentido de que se faça a contratação de moradores de Alto Taquari. Esta foi uma forte  reivindicação nossa”, destacou Garbugio. Por sua vez, Cesar Meneses informou que os cadastros nos Sines dos municípios serão consultados conforme a necessidade de profissionais, sendo que, para a fase de operação, a preferência será de contratação de moradores das cidades próximas às praças de pedágio.

Contrato
Além da recuperação da rodovia, a concessão prevê diversas melhorias. Entre elas, a construção de rotatórias, acostamentos, vias marginais e a implantação de nova sinalização, redutores de velocidade, baías de ônibus, abrigo para passageiros, entre outros. Serão implementados (em operação de 24h) serviços emergenciais de ambulância, guincho, fiscalização e monitoramento de tráfego, remoção de animais na via, entre outros.

Anel viário
O contrato prevê ainda, para o terceiro ano de operação da Via Brasil, a construção de um anel viário em Alto Taquari para a circulação de veículos pesados. Segundo Bruno Caramez, esta obra demandará de muitos estudos, já que há complicadores como o Lago Municipal, a nascente do Rio Taquari e a linha férrea. “São desafios que teremos que encontrar uma solução para o terceiro ano de operação”, enfatizou Caramez.

Reunião
O encontro realizado no Gabinete do Prefeito contou com a presença do vice-prefeito Marco Aurélio Julien; do secretário de Infraestrutura, Viação, Obras e Planejamento, Lairto Sperandio; do secretário de Administração e Fazenda, João Paulo Masson; dos vereadores Euds Oliveira, Gregório Tolentino, Sinésio Rodrigues e Volmir Pedro Ebling (Pedrão); e o promotor João Ribeiro da Mota.

Da Via Brasil, além de Cesar Meneses e Bruno Caramez, também estava presente o engenheiro Edmundo, que irá coordenar as obras em Alto Taquari. Acompanhado os representantes da concessionária, estava Rodrigo Casarin, secretário Adjunto de Transporte Intermunicipal e Concessões da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra).

*PREFEITURA DE ALTO TAQUARI, GESTÃO EM AÇÃO*