Notícias e Informativos

NOTA DE ESCLARECIMENTO - SMS

  • Fonte: Ascom | Arte: Eduardo Candido - Nota: SMS
  • Publicado em: 27/02/2020
  • Assunto: Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Alto Taquari, por meio da secretária Deise Coelho, informa a toda população que foi notificado um caso SUSPEITO para Coronavírus, ou seja, um paciente que se enquadra nas condições para ser definido como tal (febre e pelo menos um sinal ou sintoma respiratório - tosse, dificuldade de respirar entre outros) e histórico de viagem para área com transmissão local, de acordo com a OMS, nos últimos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais e sintomas.

Considerando tal situação, as equipes de saúde e vigilância epidemiológica do Município, bem como qualquer serviço de saúde, estão alertas aos casos de pessoas com sintomatologia respiratória. Casos suspeitos ou confirmados para Coronavírus que não necessitam de hospitalização, poderão manter isolamento domiciliar e acompanhamento/investigação pela equipe de saúde.

Estamos garantindo toda assistência, orientação para controle da infecção, prevenção e transmissão para contatos e sinais de alerta para possíveis complicações do quadro do paciente, que ao menor sinal, deverá retornar e ser hospitalizado imediatamente.

Os resultados para este caso, deverão sair em até 4 dias, já que o material coletado foi enviado à Cuiabá, para nosso laboratório referencia. Todas as medidas adotadas são conforme protocolos do Ministério da Saúde, OMS e Escritório Regional de Saúde. A Defesa Civil do Estado já se colocou à disposição diante da situação, caso seja eventualmente necessária sua intervenção.

Desde já orientamos que a população intensifique as medidas preventivas já que não existe medicamento ou vacina específica para o Vírus, ou seja, se tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com cotovelo flexionado ou lenço de papel; utilizar lenço descartável para higiene nasal (descartar imediatamente após o uso, realizar a higiene das mãos; evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca.

Esta Nota apresenta o caso suspeito, mas principalmente as medidas de prevenção e controle de infecções causadas por um vírus novo e, portanto, estas são orientações baseadas no que se sabe até o momento. Desta forma, os profissionais de saúde ou os serviços de saúde brasileiros podem determinar ações de prevenção e controle mais rigorosas que as definidas até agora pela OMS e apresentadas nesta Nota, a partir de uma avaliação caso a caso.